Condominio do Edifício Trade Center - R. 10, No. 250 - Qd.B-6, LT 5/9 2o ANDAR / SALA 202 - St. Oeste, Goiânia - GO, 74120-020

8:00 am - 18:00 pm
Seg a Sex

Definições de diabetes

maos-de-close-up-com-dispositivos-medicos

Definições de diabetes

1. DEFINIÇÕES DE DIABETES

 

A diabetes mellitus é uma doença crônica com alta prevalência, sendo caracterizada como uma alteração metabólica composta por deficiência de insulina, seja na produção ou na sua utilização pelo corpo, e desse modo, promove quadros hiperglicêmicos levando a danos em órgãos alvo, como coração, vasos sanguíneos, retinas, rins e nervos, sendo que esses quadros de alta glicêmica são determinantes no diagnóstico, tratamento e prevenção de complicações.
A diabetes pode ser definida, ainda, conforme suas classificações. Atualmente, pode-se classifica-la em diabetes tipo 1 – A ou B – sendo a forma mais prevalente, caracterizada pela deficiência do hormônio insulina pela destruição autoimune das células Beta pancreáticas, podendo ser do tipo A caso encontre os anticorpos em testes sorológicos, ou B, definida como idiopática. Tipo 2, oriunda da perda progressiva da secreção de insulina combinado à perda da sensibilidade corporal a este hormônio. Por fim, diabetes gestacional, sendo um quadro gerado pela liberação de hormônios diabetogênicos provenientes da placenta materna, levando ao aumento da resistência à insulina, normalmente regredindo após a gravidez, no entanto, pode evoluir para diabetes tipo 2 se não tratada. SBD, tratado de endócrino e IDF


Tabela 1: Outras formas de apresentação de Diabetes Mellitus Mody: maturity-onset diabetes of the young
HNF: Fator hepatocítico nuclear
IPF: Fator promotor de insulina
Adaptado de Tratado de Endocrinologia Clínica Wajchengerg

INCIDÊNCIA DE DIABETES NO BRASIL E NO MUNDO

Conceito de incidência
A incidência diz respeito à frequência com que surgem novos casos de uma doença num intervalo de
tempo, como se fosse um “filme” sobre a ocorrência da doença, no qual cada quadro pode conter um novo caso ou novos cass (PEREIRA, 1995). É, assim, uma medida dinâmica.
Cálculo da incidência
Epidemiologia 2° edição – UNASUS/UFSC

Como você pode notar, os casos novos, ou incidentes, são aqueles que não estavam doentes no início do período de observação, mas que adoeceram no decorrer desse período. Para que possam ser detectados, é necessário que cada indivíduo seja observado no mínimo duas vezes, ou que se conheça a data do diagnóstico.
Incidência diabetes brasil
No Brasil, dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), informam q

ue cerca de 16 milhões de pessoas sofrem de DM, com crescimento da taxa de incidência em 61,8% nos últimos dez anos. Conforme o Vigitel (Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), a pesquisa realizada em 2019, constatou-se que a prevalência de DM passou de 5,5% em 2006 para 7,4% em 2019, um aumento de 34,5% no período.

O Ministério da Saúde também traçou o perfil do brasileiro em relação as doenças crônicas mais incidentes no país: 7,4% tem diabetes. É o que aponta a pesquisa Vigitel 2019 (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico).
A pesquisa mostrou que, no período entre 2006 e 2019, a prevalência de diabetes passou de 5,5% para 7,4%. Em relação à diabetes, o perfil de maior prevalência está entre mulheres e pessoas adultas com 65 anos ou mais. O mesmo perfil se aplica a hipertensão arterial, chegando a acometer 59,3% dos adultos com 65 anos ou mais, sendo 55,5% dos homens e 61,6% das mulheres.
Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que 16 milhões de brasileiros sofrem de diabetes. Ainda de acordo com o estudo, a taxa de incidência da doença cresceu 61,8% nos últimos dez anos (Isabela Pimentel, 2018).
Incidência diabetes no mundo
Os dados da 9a edição do Atlas de Diabetes da IDF mostram que existem 463 milhões de adultos com diabetes em todo o mundo.
A prevalência global de diabetes atingiu 9,3%, com mais da metade (50,1%) dos adultos não diagnosticados, com o diabetes tipo 2 sendo responsável por cerca de 90% de todas as pessoas com diabetes (SBEM, 2019).

Relatório de dados de diabetes global

Posts Relacionados

Até quando você vai aceitar a obesidade na sua vida ?

Marcar Consulta